sábado, 21 de junho de 2008

A Dança.




Movimento.
Uma dança muda e exclamativa.
O suor, o sangue, as veias que correm contra o tempo, o vento que luta com a maré o bailarino que não sabe quem de fato é, a musica que não sabe bailar.
E tudo dança em suas respectivas coreografias, cada passo sua magia, cada erro sua condenação.
Mãos atadas ao descaso, olhos fechados ao momento, braços erguidos ao acaso,dance mesmo que o corpo já não se mexa, mova-se mesmo que imóvel, afinal dançar é a arte de expressar o que facilmente não se expressa è a arte de curar feridas, de pagar penitencia, de libertar-se de si e dos outros.
A dança é a frase da alma muda, é a peça da encenada, surda é um instante qualquer talvez.
E quando o corpo dança, a idéia balança, o olhar se move, o corpo dança com a alma que desliza e a dança transpira o acaso. Dançamos o que vivemos e o que não vivemos, dançamos para expressar, exprimir e inspirar tudo aquilo que foi, é e virá.
Enquanto dança o corpo escreve essas palavras nunca ditas.
Dançamos sonhos, fantasias, devaneios em cada passo,transformamos o movimento em historia, transformam a historia em coreografias.
E então ofegantes respiramos mais uma pagina em nossas memórias, mais um momento embalado pelo som que dança e vibra em cada passo contido dentro de nós.

Karina S. Borges
21/06/2008

20 comentários:

Diogo Rafael disse...

Embora tenha ficado um pouco confuso, foi bem bacana a tua dissertação ou descrição... Achei bem legal a tua forma de se expressar.

Continue assim, só que tente colocar um pouco mais de ordem e sintonia as palavras.

Abraço!

Anderson Petroni disse...

Belas palavras e imagens maravilhosas. Gostaria de postar imagens como as q eu vi aqui com meus textos. Vc faz juz ao sobrenome q tem... Parabéns!

Juliana disse...

"...E tudo dança em suas respectivas coreografias, cada passo sua magia, cada erro sua condenação...."

E a condenação veem a galope( sem trocadilhos viu dona kaa! he he he)

Adoreii a foto;
e o texto como sempre estpa liiindo!
beejo

Rádio Adcampos disse...

''Enquanto dança o corpo escreve essas palavras nunca ditas.
Dançamos sonhos, fantasias, devaneios em cada''
nem precisa dizer mais nada.
belo texto
acesse: www.radioadcampos.blogspot.com

Rafael disse...

Pena que algumas pessoas estragam a dança como a tal da Mulher Melancia!

=)

Cássia Barbosa disse...

Obrigada querida...
Eu aviso sim.
Bjos!

http://www.porta-joias.blogspot.com/

Maa disse...

gostei muito do texto e da imagens!

mt bem feito!!!
bjss

Conto atômico & cômico disse...

cara, adorei este blog. o nome, a descrição, teu perfil e claro o texto que tu publicou!

escreves muito bem!

dança! eu gosto de dançar, embora não saiba...
hehehahahaha

visite o meu blog >
http://www.contoatomico.blogspot.com/

Une Petite Femme disse...

poema intenso, como as sensações que a dança desperta tanto nos dançarinos, quanto nos espectadores! belíssimo!

bjs

Wander Veroni disse...

Oi, Karina!

Obrigado por visitar o Café com Notícias, volte sempre. Adorei seu comentário, viu. Saber que o trabalho agrada é um estímulo para continuar este projeto.

Adorei seu texto sobre a dança. A foto que vc escolheu é muito expresiva e combina com o q vc escreveu.

Abcs,

=]
______________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Byers disse...

Belo texto....


Serei sucinto desta vez.

INCLUSÃO PNE disse...

interessante
obrigado por comenta no inclusaopne

amanha nova materia

Erika CastrO disse...

ashaushuae..com dinheiro,eu jogaria até na seleção ouvindo vaia do pessoal...
asuhaushauhuehase

briigada pela sua visitinha e pelos coments..é mt importante tua presença láá..eu tava meio sumida,por isso q eu não passei por aqui,mas aqui ta mt bom como sempre!!;D

Beijão..
http://chuteiradesaltoalto.blogspot.com

Hector disse...

Por incrível que possa ser esse é o primeiro poema que leio em relação a este tema, "A Dança!" E em tempos de festas juninas, que apenas é mais uma, das inúmeras tradições existentes por ai, ao redor desse mundo, todas com a sua particularidade, o modo único de se dançar e demonstrar a essência de cada um em meio a sua cultura!

bjs

Lana disse...

poderia ter sido organizado melhor, mais gostei bastante, inclusive pq eu faço dança de rua *--* e é uma paixao eterna, entao se encaixou bem na minha vida 8:

Jana Moraes disse...

Vim pra te convidar a voltar ao Suco da Maçã com Limão e acompanhar os novos capitulos da série Blue Moon.

Passa lá...

http://macacomlimao.blogspot.com

Byers disse...

Karina, tem um selo de qualidade te esperando.

Passa la no meu blog.

PELA PRÓPRIA FELICIDADE disse...

Achei o blog sinistro :@
Mas achei os textos bem legais

http://afelicidadeeeu.blogspot.com

daniela disse...

E quando o corpo dança, a idéia balança, o olhar se move, o corpo dança com a alma que desliza e a dança transpira o acaso.


Eu tenho uma dúvida: esse texto faz refência à lambada?? kkkkk

Mto bom, sem zueira!! Mas, tb bem sugestivo!!
Bjos

juan-o-salazar disse...

"dancemos com as palavras".
karina, valeu pela visita no meu blog, e volte sempre.